Textos


Narciso
 
Que amor é esse, que cultuo como santo,
Que me enleva, engrandece e me encanto?
Que amor é esse que atiça o meu ciúme,
E faz sair do sério, como é o meu costume?
 
Que amor é esse, que anulou meu pensamento,
Não me deixando ser eu mesmo, um só momento?
Ah! Esse amor, é aquele mesmo que pedia,
Com insistência fervorosa, na minha poesia!
 
Agora, que chegou, tenho você,
Que é minha, mas, me domina, e crê,
Que esse é o amor que eu preciso
 
Para me fazer orgulhoso de mim mesmo,
Para parar de falar, sozinho, a esmo,
E de pensar, que sou um novo Narciso!

 
 
 
elzio
Enviado por elzio em 29/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr