Textos


Dúvidas
 
Oh! Deus, em que creio, mas não vejo...
Estás no âmago do prazer e do desejo?
Oh! Deus, do finito e do infinito,
És a fonte da beleza e do bonito?
 
Se és o Deus, que criou a formosura,
És o mesmo, que forjou a tal feiura?
Do belo, e do não belo, és o feitor?
Tiveste, com cada um, o mesmo amor?
 
Oh, Deus, quem sou eu, para questionar-te,
Se És, da vida, o estado da arte,
Mas, Deus, que criaste, o verme, e a flor,
 
Que fizeste a mais sofisticada beleza,
Que nos destes a alegria e a tristeza,
Fizeste, tudo isso, com o mesmo amor?

 
 
 
 
 
elzio
Enviado por elzio em 30/06/2017
Alterado em 10/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr