Textos


Ode à honestidade
 
Para que se estressar, pensando tanto,
Que tanto que se pensa, não compensa,
E tudo agora, está sem solução?
Será que neste canto, a maldade,
Conseguiu anular a honestidade,
E aquilo que aprendi, foi tudo em vão?
 
Meus avós, deixaram um legado,
E meus pais, a mim, e a meus irmãos.
A importância dos valores, da honestidade,
Onde o bem sempre supera a maldade,
Para que isso tornasse em nós, a tradição...
Mas, até parece, que prevaleceu a maldição!
 
Conclamo a todos, que como eu, pensam,
Para que não deixemos, que os maldosos vençam,
E retirem do nosso canto, a canção,
Que nos fala de um grito de liberdade,
De heroísmo, amor e fraternidade,
E que mantenha nosso canto, como nação!

 
elzio
Enviado por elzio em 08/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr