Textos


Roubo
 
Não existe mais inocente,
No meio de tanta gente,
Porque a inocência acabou.
Acabaram com a inocência,
E há muito, com a decência,
Que também um ladrão roubou...
 
Roubaram a honestidade,
Vejam só, quanta maldade,
Coisa que antes, ensinavam.
Do povo, a felicidade,
E até, mesmo, a amizade,
Infelizmente surrupiaram.
 
E o que fizeram com o respeito,
Que antigamente, um sujeito,
Tinha pelo professor?
O respeito, foi roubado,
Por um analfabeto abusado,
Que se intitulava doutor...
 
Ah! Esse analfabeto ladrão,
Roubou ao trabalhador e à nação,
Com aquele maior cinismo,
O seu bem mais valioso,
Que faz, de um povo, orgulhoso,
Pelo seu patriotismo! 

 
elzio
Enviado por elzio em 12/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr