Textos


Pastel de vento

Comi um pastel de vento,
Na feira da Piedade,
Naquele breve momento,
Arrotei felicidade...

Felicidade é pequena,
Feita de pedacinhos,
Cada instante é uma cena,
Entre nós, e os vizinhos.

Ela é volátil, sutil,
Como a bolha de sabão.
E se desmancha na mão

Retê-la, sempre é útil,
Nos traz a paz e alegria,
E inspira a nossa poesia
elzio
Enviado por elzio em 23/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr