Textos


Brincar com rimas.
 
Será bobeira ou bobice,
Mas alguém já me disse,
Que o amor é tolice!
Tenho em mim a postura,
Que o amor é que cura,
Demência ou loucura,
E até dor de coração!
 
Tudo isso é crendice,
De quem faz gabolice,
Para sair da mesmice...
Mas, já nesta altura,
O que fica, o que dura,
É o carinho, a doçura,
Do amor, meu irmão!
 
Ah! O carinho, o afeto,
Não é um mero objeto,
Para mim, um projeto,
De vida, mais pura,
Da mais alva ternura,
Na eterna procura

De não viver em vão!

 
elzio
Enviado por elzio em 19/05/2018
Alterado em 19/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr